19/01/2021

Criando um board game sobre livros

A incrível jornada em um universo muito além do jogo da vida.

 Mockup da caixa do jogo

Mockup da caixa do jogo

Por: Alex Nunes

O desenvolvimento de um board game independente √© uma tarefa herc√ļlea e apaixonante.

Quanto mais estudo sobre o assunto, mais admira√ß√£o eu sinto pelos criadores de jogos que conseguem finalizar uma vers√£o comercial de suas cria√ß√Ķes.

Esse n√£o foi o meu caso. Confesso que tive aspira√ß√Ķes nesse sentido, mas nunca foi o objetivo final, mas sim criar algo que me desse prazer. Todos os meus projetos paralelos ao meu trabalho profissional s√£o assim, mesmo soando muito clich√™, posso dizer que a jornada √© a parte mais importante.

Protótipo

Protótipo físico para levar nos testes

Partida com protótipo pronta para teste

Partida com protótipo pronta para teste

O jogo foi concluído num protótipo físico que passou por vários testes, até chegar em sua versão final, o que permitiu a criação digital com todo elementos gráficos que o jogo teria se fosse lançado comercialmente.

Houve conversas interessantes com possíveis parceiros para um lançamento comercial, mas acabaram não avançando. Conforme avancei nos estudos desse universo tão particular, compreendi porque é tão difícil publicar um jogo. Board games bons existem aos milhares nas plataformas digitais, melhores que o meu inclusive, difícil é conseguir o investimento para um lançamento, então rapidamente larguei mão disso.

Jogo do Contador

Jogo do Contador

Voltando para a produ√ß√£o do jogo, eu j√° tinha feito um jogo de tabuleiro que ficou bem bonitinho e divertido, com uma mec√Ęnica simples no estilo jogo da vida. Como era um projeto profissional, uma a√ß√£o de marketing da empresa em que trabalho, tive a sorte de produzir uma tiragem f√≠sica e guardo meu exemplar com muito carinho.

Contudo, desta vez o projeto era mais ambicioso em rela√ß√£o ao estilo de jogo, mais inspirado nos eurogames ou modern boardgames, com mec√Ęnicas e elementos de ‚Äúdeck build‚ÄĚ para estrat√©gia e ‚Äútake that‚ÄĚ para ter uma pitada de sorte.



A motivação foi ter algo novo para ocupar a cabeça durante a pandemia, o que deu muito certo.

Carta do jogo baseada no canal da J√ļlia

Carta do jogo baseada no canal da J√ļlia, com a ilustra√ß√£o dela mesmo.

O tema do jogo foi escolhido pelo fato de ter uma filha booktuber, e na época só se falava sobre livros aqui em casa.

Por conta disso, minha filha √© co-autora do jogo. Enquanto eu pesquisava coisas sobre a mec√Ęnica, quebrava a cabe√ßa com o modo de jogar e pensava no visual, ela ficou com a parte de trazer todas as informa√ß√Ķes referente aos livros para o jogo.

S√£o apresentados 120 livros. Quando eu consegui definir qual seria a fun√ß√£o dos livros no jogo e quais eram os dados necess√°rios, ela pesquisou e conseguiu todas as informa√ß√Ķes necess√°rias.
E pelo fato dela também estar trancada dentro de casa, era uma coisa que ajudava na ocupação produtiva do tempo.

Outra coisa muito interessante foi como as ilustra√ß√Ķes das cartas foram feitas. A J√ļlia gosta muito de desenhar e aos poucos vai desenvolvendo essa habilidade de maneira autodidata, eu percebi que, com alguns direcionamentos, o tipo de tra√ßo que ela tinha at√© ent√£o poderia ilustrar muitas das cartas do jogo, ent√£o ela colocou uma mesa digitalizadora bem velhinha que tinha pra trabalhar e deu muito certo.

E assim se passaram v√°rios dias na frente do computador, quando alguma coisa travava, pod√≠amos avan√ßar em outra, porque tinha muito para fazer. Quando uma partida do jogo no prot√≥tipo de papel dava ‚Äúbeco sem sa√≠da‚ÄĚ, nem sempre a solu√ß√£o era f√°cil, ent√£o a gente ia fazer outra coisa. As artes visuais do jogo passaram por muitas altera√ß√Ķes, muitas delas dr√°sticas.

Aos poucos tudo ia avançando, até que chegou o momento de colocar o jogo em uma plataforma table top, um ambiente virtual para que outras pessoas pudessem jogar online e dessa maneira ter feedbacks menos contaminados do que os nossos, pois aqui em casa já estávamos muito confortáveis com o jogo.

Jogo configurado na plataforma Tabletopia

Jogo configurado na plataforma Tabletopia

Conseguir fazer o jogo funcionar nesse ambiente foi outro desafio gigante, a plataforma Tabletopia exigiu uma curva de aprendizado considerável até que algo pudesse ser jogado.

Então, testes com várias pessoas diferentes foram feitos, muito mais ajustes e mais e mais testes, até que achamos que o jogo estava pronto, foi quando eu conheci um grupo no Discord, o Oficina do Playtest Online, e que grupo incrível!

Toda quarta-feira várias pessoas de diversos lugares do país se reuniam para testar os jogos dos participantes do grupo, uma fila era organizada e a medida que você fosse jogando e testando os jogos da vez, seu nome ia subindo na fila até que chegasse o dia dos participantes jogarem o seu jogo, e isso foi muito enriquecedor.

Lá descobri que meu jogo tinha muito o que ser melhorado e recebi feedbacks com um tipo de embasamento que ninguém que tinha jogado até então seria capaz de fazer.

Neste grupo, todos os participantes eram desenvolvedores de boardgames, muitos com v√°rios jogos publicados e mesmo assim com um respeito muito grande na hora de fazer as considera√ß√Ķes sobre o jogo que estava sendo testado.

Só o fato de testar outros jogos e ouvir os feedbacks já ensinava muita coisa que também podia estar errada no meu jogo.

Depois de muito aprender com verdadeiros mestres e muitos ajustes depois, considerei meu jogo concluído e agora é possível jogar online ou com o protótipo físico.

Quem sabe um dia eu me animo e tento fazer uma publicação independente?

Enquanto isso fique com um gostinho do jogo sobre a história.

Um milhão de páginas - Edição sobre livros de fantasia.

História
Você é um dos maiores especialistas em literatura fantástica do planeta.

Em reconhecimento aos seus feitos no incentivo e iniciação da leitura para pessoas de todas as idades pelo mundo, uma renomada universidade decidiu homenageá-lo com o prêmio Um Milhão de Páginas. A maior honraria nesta área.

Alguns estudiosos não concordaram com sua indicação e acreditam que merecem o prêmio muito mais do que você, então propuseram um desafio para provar quem é o maior conhecedor da literatura fantástica.

Toda sua trajetória de leitura e seus conhecimentos sobre livros serão analisados.

Quem será que ficará com esse prêmio?

Nos vídeos abaixo um pouquinho mais sobre o jogo.